Psicologia no Japão – Como funciona?

A vida de trabalho no Japão não é fácil e estar longe da família no Brasil, do lugar conhecido e de referência para nós pode ser bastante prejudicial em algum momento da vida. Por isso, muitas pessoas procuram por um psicólogo no Japão, mas você sabe como isso funciona?

Infelizmente ainda há bastante preconceito entre as pessoas quando se fala em Acompanhamento Psicológico, por incrível que parece, mesmo a Psicologia prestes a completar 60 anos de existência no Brasil, ainda há pessoas que pensam que somente os loucos vão ao psicólogo. Mas, explico aqui, que o corriqueiro para um psicólogo é o atendimento das pessoas que passam por sofrimento moderado, ou ainda sofrimento intenso sem desagregação que remeta à loucura, na verdade não são todos os psicólogos que sabem lidar com a loucura.

Dito de outra forma, quem procura um psicólogo, geralmente leva sua vida de trabalho, estudos, com os amigos e família, mas está passando por uma situação de angústia e mal estar psíquico que o incomodam muito. Em exemplo mais concreto, pode ser aquela pessoa que não consegue parar de pensar e começa a ter insônia, reações pelo corpo que a fazem pensar que tem alguma doença grave, ataques de pânico, angústia que não sabe explicar, e assim por diante.

A Psicologia, então, serve para que essas pessoas possam dar conta desse mal estar e sofrimento realinhando os fatos de sua vida, superando os traumas que deram origem à forma que se sente diante dos outros.

Independente da existência de um diagnóstico psiquiátrico, qualquer pessoa pode procurar diretamente um psicólogo. As sessões costumam ser pelo menos semanais, mas em momentos de muito sofrimento podem aumentar. Hoje em dia muitos psicólogos atendem na modalidade on line e é importante que a pessoa atendida esteja num lugar privado, sozinha e confortável para falar de si sem que mais ninguém ouça, além do psicólogo. Na primeira sessão você vai falar livremente do que sente, pode ser que o psicólogo faça algumas perguntas, mas você está livre para falar o que quiser.

Um psicólogo não pode receitar medicamentos alopáticos, mas pode ensinar outras estratégias que alivie o sofrimento ou ainda encaminhar a pessoa para profissionais parceiros para realizar um trabalho em conjunto, isso pode ser bem comum.

Se você mora no Japão, pode procurar um profissional brasileiro que atenda aqui, isso é possível porque a lei japonesa aceita a modalidade de “counseling” seja desempenhada mesmo por estrangeiros.

A vantagem de procurar um profissional brasileiro no Japão está na vivência no país, a proximidade com as questões dos estrangeiros e do trabalho dekassegui. Os valores do Brasil e do Japão não se distinguem muito, para se ter um exemplo, a tabela de honorários de 2021 do Conselho Regional de Psicologia estabelece valores médios entre R$260,00 a R$330,00, o que equivale em ienes a 6500 a 8500. No entanto, alguns profissionais trabalham com um valor inferior em torno de R$170,00 ou aproximadamente 4000 ienes.

Psicologia no Japão

O Amae Institute atende brasileiros no Japão de forma on line, utilizando o WhatsApp ou Google Meet. As sessões duram em torno de 50 minutos e os valores variam entre 3500 a 8000 ienes, cada pessoa paga de acordo com suas possibilidades. Para consultas de anamnese o valor é de 5500 ienes, assim como as consultas para orientação em CBD.

A profissional Carine Sayuri Goto é formada em Psicologia pela Unesp, Brasil, com mestrado pela mesma universidade, se formou em 2006 e desde então trabalha com atendimentos psicológicos. No Brasil atuou em CAPS, no acompanhamento de casos graves, em Postos de Saúde, na Rede de Atenção Psicossocial, Assistência Social. Também foi supervisora clínico institucional de Centro de Atenção Psicossocial e atendeu em clínica particular na região da Vila Madalena em SP. No Japão desde 2019 atende brasileiros e falantes de português.

Além do site, estamos na internet através do Facebook e Instagram.

O Amae Institute é um espaço de atendimento psicanalítico, formação e reflexão em Saúde Mental para brasileiros no Japão.

Realizamos atendimentos particulares por videoconferência.

Os valores das sessões de psicanálise são combinados caso a caso diretamente com o analista.

Também realizamos orientações para o uso do CBD.

Deixe um comentário