Atendimento
Psicanalítico

A psicanálise também pode ser denominada como “a cura pela fala”, levando o sujeito que a procura a desvendar sua própria história e a compreender suas ações através da ação do inconsciente.

A psicanálise foi criada por Sigmund Freud e foi denominada “a cura pela fala” depois de compreender que a hipnose não era necessária para acessar o inconsciente. Naquele momento na Europa o sofrimento que chegava ao seu consultório era o das mulheres que sem explicação orgânica não conseguiam mais andar.

Através da fala, Freud percebia a aparição do inconsciente e fazia um trabalho de desvendar o que estava por trás dos sintomas. Com esse trabalho os sintomas desapareciam, mas podemos dizer que a psicanálise não se limita a isso, pode ir muito mais a fundo.

A partir da teoria psicanalítica podemos trilhar um caminho de descobertas, desvendando os enigmas de cada sujeito. A psicanálise é capaz de fazer perceber o porquê de seu sofrimento, ou por que agiu de determinada forma diante de uma situação, sendo que não era sua intenção. Em suma, não somos regidos pela razão, mas pelo inconsciente.

Jacques Lacan retomando o trabalho de Freud na França, desenvolve a psicanálise nos trazendo mais clareza sobre a ética do sujeito, assim como as consequências de abrir mão de seu desejo.

Para tudo aquilo que hoje em dia denominamos com termos médicos e tratamos de forma medicamentosa, a psicanálise se dispõe a acolher de outra forma, dando subsídios para que cada pessoa possa traçar a relação com sua vida, os eventos traumáticos e seu desejo.

As sessões de psicanálise podem ser feitas por qualquer pessoa, com qualquer modalidade de sofrimento psíquico, dos leves aos graves (como exemplo os sofrimentos comumente conhecidos pelos termos psiquiátricos: depressão, ansiedade, bipolaridade, esquizofrenia, ideação suicida, etc)

A partir da psicanálise do campo Freud-Lacan o Amae Institute oferece atendimentos no formato on line (via whatsapp, google meet, etc) para brasileiros no Japão. As sessões acontecem com a regularidade semanal e duração lógica, ou seja, cada sessão tem duração variável a depender de como se desenrola.

Saúde Mental para brasileiros no Japão

O Amae Institute desenvolveu um programa de cuidados em Saúde Mental no Japão, para brasileiros, altamente qualificado. Baseada na ética psicanalítica e na Atenção Psicossocial oferece acompanhamento on line para todas as pessoas que estejam em sofrimento psíquico, independente do diagnóstico médico.

Composta por profissionais altamente qualificados (colocar link), a proposta parte da compreensão de que os sujeitos são integrais e não divididos em partes, a serem tratadas por diversas especialidades médicas. 

Nossa crítica se estabelece a partir da complexidade de cada ser humano, por isso, em sua dimensão subjetiva (físico-psíquica) e social, isso implica dizer que se leva em consideração os aspectos estruturais da psiquê, mas também o contexto que se vive, as questões do trabalho e exploração e o contexto social em que está inserido político e economicamente.

A partir da teoria psicanalítica podemos trilhar um caminho de descobertas, desvendando os enigmas de cada sujeito.

Para que casos a Psicanálise é indicada?

“Onde há sujeito a Psicanálise pode operar”, essa frase define a psicanálise para todos os casos de sofrimento psíquico, independente do diagnóstico anterior.

A psicanálise se destina aos sujeitos que se interrogam sobre seu sintoma e estão dispostos a desvendar sua relação com a vida e suas marcas, podendo produzir a cura pela fala, pelo surgimento do inconsciente, pela repetição e elaboração.

A psicanálise não recua diante de nenhum sofrimento, portanto, sendo indicada para o sofrimento psíquico em todas as suas expressões, denominados pela psiquiatria em suas mais variadas nomenclaturas.

Onde há sujeito a Psicanálise pode operar

Valor das sessões

A psicanálise não trabalha com valor fechado/tabelado pois cada sujeito pode ter uma realidade econômica diferente, no entanto o trabalho que o sujeito desenrolará num processo psicanalítico já começa no estabelecimento do valor das sessões. O valor, e não “preço”, traduz a disponibilidade de cada um para o processo analítico, além de marcar a perda de algo, justamente aquilo que a psicanálise está pautada, uma vez que trabalha com a “falta” em um mundo dominado pelos excessos.

Valores: escala flexível de acordo com o salário, de ¥3.500 a ¥8.000.