Onsen e CBD: nova tendência para relaxar no Japão

O trabalho destinado à maioria dos brasileiros no Japão é conhecido como sujo, pesado e perigoso, mas além disso a carga horária costuma ser bastante intensa, com exigência de horas extras diárias. Com todo o esforço físico e consequências psíquicas, saber relaxar pode essencial para não chegar no seu limite.

 

É comum encontrar brasileiros que nunca foram a um onsen, então vamos começar definindo o que seria um onsen: são lugares para se banhar em águas termais vulcânicas, reconhecidas por serem medicinais, mas além do banho é comum que o espaço ofereça massagem, lugar para repousar e restaurante. Geralmente são lugares coletivos, no entanto, alguns hotéis oferecem banheiras privadas, mas não é a regra. Comparando com nosso país de origem, os onsens seriam lugares semelhantes a spas, sem o recorte de classe de um país tão desigual como é o Brasil.

Existem etiquetas a serem seguidas no onsen e nem todas as pessoas se sentem à vontade com a ideia, uma vez que uma delas é estar totalmente nu para poder aproveitar as águas medicinais.

Após o banho você pode relaxar em uma sala para isso, fazer a leitura de um livro ou mangá disponível, ou ainda tomar uma cerveja ou outro tipo de bebida alcóolica, esta é uma prática bastante comum entre os japoneses que já relaxados podem aproveitar o efeito do álcool ainda mais.

Notadamente sabemos que o álcool é uma droga que produz um efeito ansiolítico (dependendo da quantidade), mas que depois pode produzir efeitos indesejáveis com a ressaca. Uma alternativa para potencializar o relaxamento do onsen e poder começar a semana renovado é a partir da associação onsen + CBD.

O CBD para relaxamento vem sendo muito utilizado no Japão. Pela facilidade de acesso e pelo oferecimento em cafés, é comum que as pessoas façam uso desse componente da canabis para poder relaxar no dia-a-dia. A combinação do uso do CBD nos onsens pode ser uma experiência muito prazerosa e importante, considerando a intensidade do trabalho diário dos brasileiros no Japão. Pode também ser o momento necessário para se recuperar das dores musculares, melhorar dores crônicas, amenizar problemas digestivos, entre outros.

Tanto as águas termais dos onsens quanto o CBD possuem indicações medicinais para: dores crônicas, dores musculares, problemas intestinais, problemas digestivos, melhora do sistema imunológico, problemas dermatológicos, dores nas costas e demais articulações, artrite, artrose, reumatismo, entre outros. Nossa dica é que você pode potencializar os efeitos terapêuticos com o uso do CBD durante um dia de relaxamento em um onsen.

Mas não esqueçamos dos efeitos psíquicos importantíssimos que essa associação pode trazer: alívio do estresse, ansiedade e depressão. O onsen e o CBD em conjunto sem dúvidas podem criar o momento perfeito para um alívio importante se você está passando por uma situação turbulenta.

Como usar o onsen?

Existem algumas etiquetas a serem observadas durante sua estadia  no onsen, as principais são:

– Você receberá duas toalhas, uma de rosto e uma de banho, para entrar no recinto das águas termais utilize somente a toalha de rosto, a toalha de banho deve fica no vestiário junto de seus pertences;

– Na área onde ficam as “piscinas” de água termal não é permitido o uso de qualquer roupa, nem mesmo roupas de banho como biquinis, maiôs ou sungas, as pessoas ficam completamente nuas;

– Antes de entrar na água termal você deve tomar um bom banho nos setores destinados para isso. Nesses locais você pode se sentar e aproveitar sua pequena toalha de rosto como se fosse uma esponja para se esfregar, você terá disponível sabão líquido, shampoo e condicionador de cabelos, mas se quiser pode levar seu kit pessoal em uma cestinha;

– Ao entrar na água termal não cause alvoroço, entre calmamente para não incomodar as outras pessoas, lembre-se que este lugar é destinado ao relaxamento, não faça brincadeiras ou saia nadando;

– Ao entrar na água a toalha pequena fica sobre sua cabeça, não deixe-a jogada na beira da banheira e não entre com ela enrolada no corpo;

– Ao sair da banheira coletiva você pode se enxugar com essa pequena toalha e se dirigir ao vestiário, lá você pode terminar de se enxugar com a toalha de banho.

 

Como usar o CBD?

Recomendamos que a soma de onsen + CBD seja feita por quem já usou o CBD anteriormente e saiba quais os efeitos que o CBD provoca em seu organismo. Portanto, se você está lendo essa matéria e ficou com vontade de relaxar dessa forma, sugerimos que adquira o CBD e utilize em casa antes de fazer o uso no onsen.

– Sempre comece pela menor dosagem, na primeira vez que utilizar o faça com uma gota para verificar as reações adversas;

– Entenda a diferença dos tipos de produtos de CBD. No caso dos óleos existem os broad spectrum, full spectrum e óleo de CBD isolado. Visite outras matérias do nosso blog falando do assunto;

– Entenda as formas de uso: por ingestão a ação demora mais para fazer efeito, mas esse persiste por mais tempo; na forma vaporizada o efeito é mais rápido, mas dura menos tempo;

– Se você tem algum problema de saúde, verifique a melhor forma de uso: se você tem dores crônicas e precisa de um alívio rápido, a melhor forma de usar o CBD é pela vaporização; se você tem algum problema que precisa de um efeito prolongado, a melhor forma de uso é a ingestão;

– Leve em consideração o efeito entourage/comitiva: este efeito é obtido com as diversas substâncias presentes na canabis, além do CBD. A soma de todas as substâncias provoca um efeito maior que a soma delas, pois a interação é capaz de potencializar e equilibrar o efeito. É comum que pessoas que façam uso do óleo broad spectrum ou full spectrum tenham melhores resultados.

 

Como usar o CBD no onsen?

Partindo do princípio de que você já usou o CBD em outra ocasião, portanto conhece o efeito do CBD no seu corpo, sugerimos:

– Você pode usar o CBD por ingestão antes de entrar nas águas termais, dessa forma o efeito começará a ser obtido quando você já estiver relaxado pelas águas vulcânicas. O CBD por ingestão demora em torno de 30 minutos para fazer efeito;

– Você pode utilizar a sala de fumantes para fazer o uso do CBD por vaporização, uma vez que se faz por dispositivos semelhantes a cigarros eletrônicos. Nesse caso você pode utilizá-lo antes de entrar nas piscinas de águas termais ou depois de sair delas.

– No auge do relaxamento, depois de sair das piscinas de águas termais, relaxe em um lugar destinado a isso, pode ser uma sala coletiva onde você pode deitar num tatame ou repousar em uma cadeira confortável, pode ainda ser numa cadeira de massagens ou mesmo durante uma sessão de massagem com um profissional. Sinta a maravilhosa sensação dessa combinação e se entregue a ela.

 

Dica importante: se você não está acostumado a ir a um onsen, utilize o CBD somente depois que sair da água termal, uma vez que a temperatura da água pode causar tontura para quem não está acostumado. Utilize o CBD para potencializar o relaxamento do onsen no momento posterior de forma segura.

O Amae Institute é um espaço de atendimento psicanalítico, formação e reflexão em Saúde Mental para brasileiros no Japão.

Realizamos atendimentos particulares por videoconferência.

Os valores das sessões de psicanálise são combinados caso a caso diretamente com o analista.

Também realizamos orientações para o uso do CBD.

Deixe um comentário